Vakinha: nos ajude a transportar os animais da ABPA

Em setembro de 2014, a ABPA-BA e outras ONGs de proteção animal em Salvador receberam da Prefeitura uma Kombi, a Kombicho. Com exceção do IPVA, todos os custos de manutenção (motor, pneu, chaparia) do automóvel, bem como o abastecimento, sempre foram pagos pelos voluntários da ABPA. Ao longo destes anos de concessão, apresentamos relatórios periódicos à Secretaria Municipal de Saúde prestando contas de que fazíamos bom uso do automóvel: com ele levávamos animais para feiras de adoção, para atendimento veterinário e transportávamos doações.

Quantos de vocês, que já foram a feirinha de adoção ABPA, já nos viram carregar a Kombicho com doações para os bichinhos? Quantos nos viram tirar de dentro da Kombicho os animais, acomodados em caixas de transporte, e que saíam saltitantes para serem adotados?

Mas, como se já não bastassem as dívidas financeiras para manter o abrigo funcionando com centenas de cães e gatos e a estrutura desabando, no final do ano passado fomos arrebatados com esta triste notícia: recebemos um ofício da Prefeitura informando o fim da concessão da Kombicho e sua quase imediata devolução. Tentamos recorrer, pedimos um prazo maior, mas infelizmente não conseguimos.

Desde novembro de 2018, travamos mais uma batalha: arrecadar fundos através de uma Vakinha para a compra deste bem tão necessário e garantir que o transporte dos animais não dependa de mais ninguém. Pesquisamos e conseguimos alguns orçamentos para comprarmos uma Kombi usada. O valor é muito alto: R$ 45.000 (Veículo + taxas) e temos até o final de maio para arrecadar o valor que, infelizmente, está longe de ser alcançado.

Precisamos da sua ajuda. Acesse o link da Vakinha a seguir. Faça doação através do seu cartão de crédito ou de boleto bancário. Se não puder doar, COMPARTILHE. Envie esta mensagem para sua rede de amigos. Nos ajude a transportar os animais do abrigo em segurança.

Clique aqui para acessar o link da Vakinha e fazer sua doação. 

Contamos, mais uma vez, com o apoio de todos para manter as atividades do abrigo São Francisco de Assis.



 
Editorial, 27.MARÇO.2019 | Postado em Geral
  • 1
Exibindo 1 de 1